segunda-feira, 3 de novembro de 2014

A palavra "כּוֹס" (cálice/copo) como símbolo do destino




Jerusalem in the footsteps of Jesus
Ola,

Church of Gethsemane
Tarde da noite de quinta-feira após a Última Ceia em Jerusalém, Jesus volta para sua casa em Betânia. No caminho ele sente algo e faz uma parada para orar em um local chamado Guetsêmani, que significa “prensa de óleo” em Hebraico. Nesta oração memorável, Jesus se direciona ao Senhor de forma íntima: “Aba, Pai, todas as coisas te são possíveis; afasta de mim este cálice” (Marcos 14:36).
A palavra para cálice em grego é "potērion". É a mesma palavra utilizada na Última Ceia para definir o copo de vinho que contém o “sangue do testamento”. Então em certo nível ele sente remorso. Jesus está buscando o Senhor para cancelar o testamento que acabava de selar alguns minutos antes.

Mas há um nível mais profundo de significado. Na Bíblia Hebraica a palavra cos (cálice/copo) simboliza o destino de uma pessoa, bom ou ruim. Por exemplo, Salmos 23:5 menciona: “meu cálice transborda” e Isaías 51:17 menciona “o cálice do furor do Senhor”. Então na breve oração que ele recita antes de ser preso, Jesus usa um idioma belamente carregado para pedir ao Senhor que volte no tempo e lhe dê um novo destino. Isso, como sabemos, é impossível. A verdadeira beleza desta cena vem na segunda parte do versículo, quando Jesus consegue vencer sua angústia utilizando uma frase do Pai Nosso: “não a minha e sim a tua vontade seja feita.”



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

cutus